4 fatores que atrapalham na cicatrização de uma cirurgia plástica


Cirurgia plástica

Tão importante quanto a escolha do profissional que realizará sua cirurgia plástica, a cicatrização no pós-operatório é uma etapa que deve ser tratada com o máximo de atenção possível, cultivando hábitos saudáveis e sempre obedecendo os pedidos do cirurgião plástico. Além disso, os exames realizados e solicitados pelo cirurgião no pré-operatório são fundamentais para que tudo ocorra com baixos riscos para o paciente.


Hoje, separei 4 fatores que podem prejudicar a cicatrização da sua cirurgia plástica, o que pode deixar o resultado da cirurgia afetado.


Pouco consumo de vitaminas


A alimentação é um dos pilares mais importantes da cicatrização. Quanto mais leve e nutritiva for a sua dieta no pós-operatório, mais rápida será a sua cicatrização. A dica é evitar alimentos pesados, gordurosos e muito calóricos.


Desleixo com o repouso e curativo


Ficar com receio de se movimentar e se machucar no pós-operatório é normal. Mas é realmente necessário evitar movimentos bruscos e repousar nos primeiros dias da cicatrização, já que isso pode gerar um deslocamento dos tecidos recém posicionados ou causar ruptura dos pontos, o que irá comprometer a cicatrização e o resultado pós cirúrgico.


Ingerir álcool


O álcool deixa o sangue mais fino e aumenta o risco de pacientes terem sangramento e uma recuperação muito mais prolongada. Além disso, o álcool corta os efeitos de remédios e anti-inflamatórios.


Tabagismo


As toxinas presentes no cigarro causam a redução na dimensão dos vasos sanguíneos, prejudicando a circulação sanguínea e, consequentemente, prejudicando a cicatrização e recuperação. Um fumante tem um risco duas vezes maior de apresentar complicações na cicatrização do que o não fumante.


Converse com o seu cirurgião e veja quais são suas “obrigatoriedades” no pós-operatório, e garanta uma boa cicatrização!