Preenchimento facial x botox: qual a diferença?



Com o passar do tempo, é normal que sulcos e rugas comecem a aparecer nas pessoas. Para tratá-los, elas procuram procedimentos estéticos visando uma pele rejuvenescida e com melhor aparência, como preenchimento facial ou botox. Apesar de parecem idênticos, esses métodos possuem diferenças entre si.


Primeiro porque há diferentes tipos de rugas: as estáticas e as dinâmicas. As do primeiro grupo podem ser vistas mesmo com o rosto relaxado e, para tal, o melhor procedimento indicado é o preenchimento facial. Ele preenche a profundidade dos vincos e sulcos, deixando-os com uma aparência mais rasa.


Apesar de a aplicação do preenchimento facial poder ser somente nas áreas do sulco nasogeniano (“bigode chinês”), ao redor e no canto dos lábios, esse método também beneficia outras regiões do rosto, como as “maçãs”, o queixo e a mandíbula.

As substâncias preenchedoras mais modernas são chamadas absorvíveis, constituídas por elementos próprios da pele e que, depois de algum tempo, são absorvidos sem deixar qualquer sequela.


As rugas dinâmicas, por sua vez, são aquelas causadas pela mímica e que deixam marcas de expressão. Neste caso, recomenda-se o uso do Botox (toxina butolínica), que pode ser aplicado na testa, no músculo entre as sobrancelhas e na parte externa dos olhos (nos “pés de galinha”).


O preenchimento facial dura aproximadamente um ano após ser aplicado, enquanto o Botox, cerca de 4 a 6 meses. Antes de tomar qualquer decisão a respeito de realizar um dos procedimentos, porém, consulte o seu médico de confiança na área.

© Copyright 2016.

Todos os direitos reservados.

Dr. André Reda Cirurgia Plástica

CRM - SP 102.016

ACOMPANHE
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

São José do Rio Preto, SP

Rua Amadeu Segundo Cherubini, 379 ​ | São Manoel

Tel:  17 3226-4848

Mirassol, SP

Av. Eliezer Magalhães, 2.809

Tel:  17 3242-6968

Desenvolvido         Novva Comunicação