Como escolher o tamanho do silicone?


As mamas tem um papel essencial no sentimento de feminilidade da mulher. Quando os seios estão em desarmonia com o restante corpo, isso pode ser um incomodo para algumas mulheres, e estas acabam optando pelo implante de silicone.


Antes de qualquer coisa, é importante lembrar que é necessário escolher o tamanho do implante de acordo com a estrutura do corpo de cada mulher.


O principal fator na hora da escolha do tamanho da prótese é ter em mente que o procedimento não é tão fácil ou tão reversível quanto a troca de um sutiã para outro maior. É importante que a decisão seja tomada com cautela, pois remover o implante ou trocá-lo por outro depois trará novamente todo o trabalho e a recuperação necessárias em uma cirurgia de inserção de implante.


Há quem opte por tamanhos generosos de implante, desconsiderando, algumas vezes, a recomendação do médico. É importante considerar que quanto maior a prótese, mais peso você carregará e isso pode acarretar em dores nas costas.


Além disso, deve-se levar em conta que com o passar dos anos, a pele da mama se torna mais flácida e então pode ser que seja necessário colocar uma prótese maior para corrigir a flacidez nos seios. Sendo assim, o ideal é começar o tamanho mínimo e com o tempo, se achar necessário, trocar de tamanho.



Converse com vários cirurgiões e peça a opinião deles. Se o cirurgião disser que seu tamanho não comporta mais que 300ml, por exemplo, não é recomendado insistir em uma prótese maior. Afinal, o cirurgião sabe qual é o tamanho ideal para o seu corpo e sua estrutura.


A prótese maior fica bem para mulheres altas ou que tenham quadris largos. Caso contrário, a prótese de silicone pode dar a impressão de que a mulher está mais “cheinha”, o que poderia acarretar em outra insatisfação estética. Para as pacientes que ainda não tiveram filhos, a melhor opção são as próteses menores, porque após a amamentação a pele poderá estender. Para fazer a escolha do modelo e do tamanho, o cirurgião levará em conta a distância entre as auréolas, a distância entre o seio e o pescoço – entre outros fatores que fazem a diferença.


É extremamente importante consultar um cirurgião plástico bem qualificado – e se possível mais de um – pois ele tem o papel de lhe auxiliar nesse momento. Independente do tamanho ou modelo escolhido, é indispensável a opinião da paciente e a avaliação do cirurgião, levando em conta a anatomia do tórax, conteúdo mamário, tipo de pele e estatura.


Fonte: Dicas de Mulher

© Copyright 2016.

Todos os direitos reservados.

Dr. André Reda Cirurgia Plástica

CRM - SP 102.016

ACOMPANHE
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

São José do Rio Preto, SP

Rua José Picerni, 540​ | São Manoel

Tel:  17 3226-4848

Mirassol, SP

Av. Eliezer Magalhães, 2.809

Tel:  17 3242-6968

Desenvolvido         Novva Comunicação